Arquivo da tag: Fotec na Imprensa

[Fotec na Imprensa] Projeto artístico mobiliza escolas durante a Cientec

EDUCAÇÃO /  Publicação: 21/10/2011 / Fonte: Diário de Natal

Projeto artístico mobiliza escolas durante a Cientec

De Bruna Evangelista da Agência Fotec

“Recito poesias, canto, danço. É ótimo!”. É assim que Thiago Souto, 13 anos, estudante do 7° ano, descreve o projeto Tocando e Cantando Poesia, que se apresentou ontem, durante a XVII Cientec. O projeto idealizado por Edson Francisco de Moura, 55 anos, professor de Artes da Escola Municipal Laércio Fernandes, surgiu da necessidade de fazer com que as aulas se tornassem mais atraentes aos alunos. “A princípio, levei flautas para a escola. Percebi o entusiasmo e acrescentei poesias infantis de Olavo Bilac e Cecília Meirelles além de brincadeiras. A aceitação foi muito boa”, disse.

Durante as apresentações acontece de tudo. Os alunos cantam, dançam, representam, recitam poesias, tocam flauta. Tudo isso feito com o auxilio do professor, que também se apresenta no palco. Thiago fala que antes de conhecer o projeto já se interessava por apresentações artísticas e que a ideia de poder fazer arte na escola foi muito bem vinda.

Além de permitir aos jovens o contato com a arte, torna-os mais desenvoltose aguça sua memória. Thiago Souto fala que tem “muito mais facilidade em memorizar textos, e aprender na escola por que eu decoro falas de uma apresentação inteira, qualquer texto fica mais fácil de decorar depois disso”. Todo o espetáculo é idealizado pelo professor Edson Moura. O critério de escolha dos textos e músicas é feito tendo em vista contemplar a cultura nordestina.

Anúncios
Etiquetado ,

[Fotec na Imprensa] Diversidade de atrações culturais embala o evento

Publicação: 20 de Outubro de 2011 / Fonte: Tribuna do Norte


Diversidade de atrações culturais embala o evento

Thalita Sigler – especial para Natal

A semana cultural da Cientec está repleta de atividades relacionadas a música, dança, teatro, design e artes visuais. Essas apresentações estão ocorrendo na Praça Cívica, Anfiteatro do Campus, Auditório da Escola de Música, Capela, Corredor Cultural, Departamento de Artes e no picadeiro do Circo da Luz.

Programação é gratuita e segue até a próxima sexta-feira (21). Foto: Everson de Andrade/Fotec

Hoje, quarto dia da Cientec,  a programação cultural está repleta de atrações. No Circo da Luz a partir das 10h já haverá apresentações, entre elas estão a Escola Estadual Potiguassu, com a Oficina, Reciclando para uma vida melhor, Forró das Antigas (Alunos da EMURF) às 10h30 e Grupo Percussionista Poty-Axé às 11h. Na parte da tarde, às 14h irão se apresentar os grupos regionais, Pastoril e Coco de Roda (Pedra Grande), Grupo de Percussão e Dança (Francisco Dantas), Grupo de Flautas do Chico Antonio (Pedro Velho) e Grupo de Capoeira (Pedro Velho).

O destaque do Circo da Luz nesta quinta será um bate-papo com o teólogo e escritor Frei Betto, autor de “Batismo de Sangue”, com o jornalista Woden Madruga, às 20h, e com o poeta e jornalista Fabricio Carpinejar, autor de vários livros como, Canalha!, Mulher perdigueira e Borralheiro, às 21h.

No Palco das Artes as atrações começarão às 18h com Grupo de Tai Chi Chuan de Idosos-Cheng Hsin Nery Chao. A partir das 19h irão se apresentar o Projeto Contatos (Savio de Luna), Ouidah (Lara Rodrigues), Grupo de Dança da UFRN (Teodora Alves) e o Grupo Dança Arte BR (Beto Rocha). Às 23h30 o Grupo Acorde irá encerrar as apresentações do quarto dia, no Palco das Artes.

SEXTA-FEIRA

No último dia da Cientec (21/10) o Circo da Luz será palco, a partir dás 10h, para Banda de Música da Apabb e os Bonecos e Bonequeiros do RN. Ás 17h30 o Grupo Meirinhos do Forró irá se apresentar.

Encerrando as atividade no Circo da Luz acontecerá um bate papo com Reinaldo Figueiredo e Alex de Souza, da FLIQ. No Palco das Artes a sexta será de Conexão Brasil/Felipe Camarão, às 19h, e Orquestra Sinfônica da UFRN & Camila Masiso, ás 20h30.

Para mais detalhes de toda programação cultura da XVII Cientec acesse o site do evento (http://www.cientec.ufrn.br) ou visite o estande da programação cultural no pavilhão 5.

Etiquetado ,

[Fotec na Imprensa] Instituto do Cérebro // Centro é destaque durante a Cientec 2011

Últimas / Publicação: 20 de outubro de 2011 / Fonte: Diário de Natal


Instituto do Cérebro // Centro é destaque durante a Cientec 2011

Agência Fotec – Dentro da programação de hoje da 17ª Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura da UFRN (Cientec 2011), o público pode participar Seminário de Direitos Humanos, que prossegue hoje, a partir das 19h, no auditório da Reitoria. Com a palestra sobre Ciência e Religião, discutem sobre o assunto os professores Orivaldo Pimentel Lopes Junior (Departamento de Ciências Sociais -CCHLA) e Sidarta Tollendal Gomes Ribeiro (Diretor do Instituto do Cérebro da UFRN). A palestra é livre, debatendo pormenores tanto da religião quanto da ciência, tratando de que forma ambas podem trabalhar de maneira conjunta.

Com o objetivo de criar um centro de neurociência de referência internacional, o Instituto do Cérebro visa com o tempo produzir, por meio de pesquisas, trabalhos significantes na área da neurociência. Funcionando desde 2011, um dos objetivos do projeto é ser um grande centro nesse campo produzindo neurociência de qualidade por brasileiros em território brasileiro. “Estamos trabalhando para formar um grande centro de pesquisa em estudos do cérebro”, afirma Fábio Viegas Caixeta, aluno de doutorado do centro.

Para Fábio, Natal tem tudo para ser um pólo de referência nesse campo. Há alguns anos a cidade já conta com estudos voltados para a área. “Há mais de 15 anos temos a Pós-Graduação em Psicobiologia em Natal, o que é bem interessante, pois coloca a cidade à frente no que diz respeito à área de comportamento animal e neurofisiologia”, diz ele. Dessa forma, o instituto melhorou ainda mais o que já estava sendo feito. “O nível de investimento que está sendo feito tem atraído pesquisadores brasileiros que estavam em outros países, como Alemanha e Estados Unidos, e agora veem boas condições de trabalho em sua terra natal estão voltando para conduzir suas pesquisas no Brasil, contribuindo com a produção científica nacional”.

O instituto tem como foco desde a pesquisa mais básica à aplicada. Usando como exemplo de pesquisa básica, Fábio fala de sua pesquisa. “Meu trabalho é com roedores, onde modelamos doenças cerebrais, no caso a psicose relacionada à esquizofrenia, e tentando entender esses modelos, entendemos melhor a doença em humanos, transladando isso para um possível tratamento futuro”, explica ele.

Hoje, o instituto tem feito um trabalho com humanos no Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol), onde estão sendo feitas pesquisas voltadas para acidentes vascular-cerebrais (AVC), e também pesquisa sobre o sono, atuando em diversas outras frentes possíveis de pesquisa. “O professor Antônio Pereira tem um grupo de alunos no Huol que está trabalhando com recuperação de AVCs, utilizando técnicas provenientes da pesquisa de base em neurociência. Isso já é uma interface real de uma melhora direta sendo trazida para as pessoas através de pesquisa básica”, diz Fábio. A ideia é que as pesquisas possam, dentro de alguns anos, agregar benefícios ao tratamento de outros males do cérebro, como o mal de Parkinson e a esquizofrenia. (Arthur Barbalho)

Etiquetado ,

[Fotec na Imprensa] Circo da Luz é o ponto da Cultura na Cientec

Natal / Publicação: 19 de Outubro de 2011 / Fonte: Tribuna do Norte

Circo da Luz é o ponto da Cultura na Cientec

Igor Jácome – Agência Fotec

“Imagine uma cidade onde ninguém conhece a cultura do Estado, sua própria cultura”. Wecsley Cunha, mestre de cerimônia do Circo da Luz convida o visitante a refletir sobre a importância da cultura para a cidadania e educação. O projeto de espetáculo itinerante já existe há dez anos, circula por todas as cidades do Rio Grande do Norte e é uma das atrações da 17ª Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura (Cientec) da UFRN.

Na terça-feira (18), os visitantes da feira assistiram aos shows da Banda Bokalibre e Banda Relativa, além de participarem de um bate-papo com o escritor Mário Prata e a jornalista Margot Ferreira, dentro da programação da Feira do Livro e Quadrinhos (Fliq) que ocorre no período da Cientec.

Em parceria com a coordenação do evento, o Circo abriga parte da programação cultural no campus universitário. A estrutura que durante o ano leva o teatro, a dança, a música e o cinema ao interior do Rio Grande do Norte; recebe a comunidade com apresentações únicas durante toda a semana.

Wecsley explica que em 2011, os debates promovidos pela Fliq ocorrerão no circo. São esperados nomes como Frei Betto, Fabrício Carpinejar, Fátima Bezerra, Ricardo Amaral, entre outros. As escolas públicas têm espaço garantido no Circo. Os alunos de escolas municipais e estaduais apresentam os trabalhos desenvolvidos no ano letivo.

Durante a semana, atrações musicais como Camarones Orquestra Guitarrística, Talma e Gadelha, Hild Cavalcante e Meirinhos do Forró movimentarão a cena cultural da mostra. Na sexta feira (21), o concurso de cosplay – fantasias de personagens de mangás e quadrinhos – fará do Circo da Luz a casa dos fãs do gênero literário.

Lorena Silva, que não conhecia o Circo, acompanhou seus alunos em visita à Cientec e considerou que o espaço é muito importante para o desenvolvimento cultural. Além de conhecer o projeto, a professora descobriu a banda Bokalibre e gostou da apresentação do grupo.

O estudante Cristiano Cosme, que faz o segundo ano do Ensino Médio, acredita que o Circo da Luz é importante “devido a sua colaboração à educação, principalmente em outras cidades, já que mais de 70% dos municípios do Estado não possui um espaço cultural”. A Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura da UFRN ocorre até a sexta-feira(21).

Acompanhe mais informações sobre a Cientec no site http://www.fotec.ufrn.br.

Etiquetado ,

[Fotec na Imprensa] Cientec 2011 // Escolas são beneficiadas com cheques-livro

Muito / Publicação: 19 de outubro de 2011 / Fonte: Diário de Natal

Cientec 2011 // Escolas são beneficiadas com cheques-livro

Agência Fotec – A Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura da UFRN está de portas abertas para o incentivo à leitura. Em sua 17ª edição, a CIENTEC traz, em um dos seus pavilhões multiculturais, a Feira de Livros e Quadrinhos de Natal (Fliq), com diversas atividades literárias, entre elas oficinas, conversa com autores, desenhistas e ilustradores, vendas de materiais nos sebos, livreiros e nas editoras.

A Fliq está apoiando também o projeto Cheque-Livro, que consiste na doação de um apoio financeiro a 699 escolas estaduais para ampliarem seus acervos literários a partir de compras nas editoras em exposição durante a feira. Ao todo, representantes de 167 municípios do Rio Grande do Norte receberam um cartão magnético, contendo a quantia em dinheiro equivalente ao número de alunos matriculados. Professores e diretores poderão comprar em, no mínimo, três editoras expostas na feira, até o final do evento, sexta-feira, 21.

A entrega do cartão aconteceu nesta terça-feira, no auditório da Fliq com a presença da secretária de Educação, Betânia Ramalho, a coordenadora da CIENTEC, Rita Luzia e o coordenador da Feira de Livros, Osni Damásio.

Para Nair de Moura, diretora da Escola Estadual Professora Adalgiza Emídia da Costa, localizada na cidade de Carnaubais, a iniciativa é um grande apoio para que as escolas e professores incentivem seus alunos ao hábito da leitura. “A educação mudou, assim como a mentalidade de nossos jovens. Precisamos cada vez mais de um acervo moderno, que tratem temas atuais, como o bullying, para que possamos despertar o interesse dos estudantes à informação”, afirmou Nair.

Segundo a assessoria da Fliq, cerca de 310 mil alunos matriculados em escolas de 167 municípios serão beneficiados com o projeto Cheque-Livro. O projeto é uma parceria do Governo Estadual, Secretaria Municipal de Educação e Cultura e da Coordenadoria de Desenvolvimento Escolar.

Etiquetado ,

[Fotec na Imprensa] Cientec: UFRN de portas abertas para a comunidade

Publicação: 18 de Outubro de 2011 / Fonte: Tribuna do Norte

Cientec: UFRN de portas abertas para a comunidade

Por Igor Jácome – Agência Fotec/UFRN

A estudante Marcela Montoril aproveitou o passeio pela Cientec para fazer experiências de Química

A 17ª edição da Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura – Cientec – da Universidade Federal do Rio Grande do Norte teve início ontem (17), com o tema “Inovação para o desenvolvimento sustentável”. A festa de abertura ocorreu às 19h na reitoria da instituição com o espetáculo “O Fogo do Conhecimento”. A organização espera cerca de 80 mil visitantes até a sexta-feira (21).

A coordenadora geral da Cientec, professora Rita Luzia, diz que o tema foi escolhido, porque em 2011 é comemorado o ano internacional da Química ao mesmo tempo em que se comemora o ano da floresta. “Nada melhor que aliar a tecnologia, a química, com o desenvolvimento sustentável e a preservação do meio ambiente”. Ela afirma que nesta edição, o número de trabalhos apresentados pelos universitários é maior que nos anos anteriores. Também destacou a parceria com  a Feira de Livros e Quadrinhos (Fliq), além da participação dos estudantes do Projeto Metrópole Digital.

“A Cientec é  uma semana interessante para a Universidade e para o Estado, pois é um espaço aberto à sociedade para que ela conheça a Academia. Nesse ano temos alguns eventos diferentes. Nenhuma Cientec é igual à outra. Todo ano tem coisa nova” analisa Teodora Alves, coordenadora da Cientec Cultural. A programação cultural se estende pelo campus com  shows e apresentações no anfiteatro, na capela, no corredor cultural e no Circo da Luz. Questionada acerca do público do evento, a professora comenta que ela vale para todas as idades e gostos. “São crianças, jovens, adultos idosos, além de artistas, professores e estudantes”, conclui.

QUÍMICA

Como uma das homenageadas, a Química possui um corredor completamente dedicado a ela. O professor Melquesedeque Freire, do Instituto de Química, explica que nos estandes, os alunos farão experimentos para que os visitantes possam ver a importância dos conceitos químicos para o cotidiano. Esse é o papel da estudante Marcela Montoril, que faz o “teste da chama” para descobrir os tipos de metais presentes.

Falves Silva é poeta e expõe um estande de livros na Fliq e acredita que espaços como esse são importantes para a divulgação da literatura nacional, especialmente a potiguar, pois divulga a literatura e os autores da terra.

O estudante Kennedy Almeida, quer encontrar na Cientec os robôs construídos pelos alunos da UFRN, que estavam expostos na edição passada e também gostou de saber da exposição de quadrinhos. “Eu gosto de mangás e cosplays. Quero ver isso, principalmente”.

A Cientec prossegue até o próximo dia 21 de outubro, sempre a partir das 8h.

Para mais informações acesse: http://www.fotec.ufrn.br

Etiquetado ,

[Fotec na Imprensa] Fotec e Marco desenvolvem parceria durante Cientec

Publicação: 17/10/2011 / Fonte: DN Online

Fotec e Marco desenvolvem parceria durante Cientec

Por Isabelle Lourenço, da Agência Fotec especial para o Diário de Natal

Mais conhecida como MARCO, a Mostra de Arte, Cultura e Conhecimento é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Educação que integra alunos do ensino fundamental de escolas estaduais às atividades acadêmicas desenvolvidas durante a Cientec – Feira de Ciências e Tecnologia da UFRN.

Este ano, o projeto traz como tema “Leitura e Escrita: formação do pesquisador” e envolve 58 escolas municipais nas atividades interativas, entre elas o Encontro de Ciências e Biologias e Biblioteca Interativa. A mostra produz também, há três anos, a rádio Jovem Marco, que divulga informações sobre a feira da UFRN, e, há dois anos, o jornal impresso de mesmo nome, distribuído para visitantes durante o evento.

Como diferencial, em 2011 a iniciativa se desenvolve em parceria com a Fotec, agência de fotojornalismo da Universidade. Segundo Itamar Nobre, coordenador do site de notícias e do projeto de extensão, a parceria é uma forma de incentivar os estudantes a se envolverem com atividades acadêmicas. “Nossa proposta é fazer perceber que a UFRN não está tão distante da realidade deles. Buscamos estimular a produção e fazer com que eles vivenciem essa experiência”, declarou Itamar.

Os estudantes participaram, durante uma semana, de oficinas de capacitação sobre gêneros jornalísticos, produção de fanzines, fotografia e produção audiovisual. “A parceria com a universidade tem como intuito melhorar o desempenho das nossas atividades e da aprendizagem dos alunos”, comentou o assessor da secretaria Gleidson Lima.

Luana Januário, 10 anos, é aluna da Escola Municipal Ivonete Maciel. Está pela primeira vez participando do jornal Jovem Marco, mas conta que produz o ano inteiro para o jornalzinho de sua escola. “Estou me interessando cada vez mais pelo jornalismo. Estou sempre fotografando e escrevendo e, apesar de saber que é muito difícil, penso em fazer o curso na universidade”, revelou.

O projeto

A Marco está em sua 13ª edição e acontece há seis anos durante a Cientec, com cerca de 1.500 alunos visitando suas exposições interativas. O projeto conta com apoio da prefeitura municipal e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Na feira há um pavilhão destinado à mostra com diversos temas e atividades, como reciclagem e leitura.

Com o auxílio dos professores, os estudantes desenvolvem atividades educativas e culturais, ampliando seus conhecimentos e criando uma conexão com o ambiente acadêmico. Assim, mostram que ingressar em cursos de graduação não é um “bicho de sete cabeças” como eles pensam. O estudo aliado à prática pode transformar a realidade de muitas crianças e adolescentes.

Para mais informações sobre a Cientec, visitem o site da Fotec: http://www.fotec.ufrn.br

Etiquetado , , ,

[Fotec na Imprensa] Cientec destaca a cultura potiguar

Publicação: 16 de Outubro de 2011 / Fonte: Tribuna do Norte

Cientec destaca a cultura potiguar

Por Bruna Evangelista/Fotec

Durante os dias 17 a 21 de outubro na UFRN acontecerá a 17ª Cientec – Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura – Dentro da proposta científica a que o próprio nome da feira se remete há espaço também para o deleite a cultura, a Cientec Cultural acontece justamente para equilibrar os conhecimentos.

Este ano, o circuito cultural da Cientec visa a volta às raízes. O enfoque estará nos músicos do Rio Grande do Norte. No dia 18 no palco do anfiteatro haverá apresentação da Cooperativa Cultural dos Profissionais da Música Potiguar – Compor – banda recém-formada, que entre seus integrantes se encontram músicos de notoriedade no cenário potiguar e nacional entre eles, Carlos Zens, Paulo Sarkins e Esso Alencar. Em entrevista a Yanna Medeiros, produtora do NAC-Núcleo de Arte e Cultura, é perceptível o anseio dos organizadores em fazer com que o artista potiguar seja valorizado. “Entramos em contato com artistas que procuraram solidificar seus trabalhos fora e eles ficaram agraciados com nosso convite, três deles, Cida Airan, Rejane Luna e Felipe Rosa, se apresentarão no palco das artes – anfiteatro no dia 19”.

Além dos shows, este ano a UFRN sediará também dentro da programação cultural a FLIQ – Feira de Livros e Quadrinhos de Natal, este será um espaço para os amantes das revistas em quadrinho, mangás e HQs compartilharem conhecimento, haverá palestras com dubladores, bate – papo com Reinaldo Figueiredo comediantes do extinto programa global Casseta e Planeta. Para participar das oficinas e palestras que serão ministradas é necessário inscrever-se previamente no site. http://www.fliqnatal.com.br.

Etiquetado ,

[Fotec na Imprensa] Projeto de extensão da UFRN prepara para o mercado de trabalho

Publicação: 14/10/2011 / Fonte: DN ONLINE


Projeto de extensão da UFRN prepara para o mercado de trabalho

Por Émille Araújo/Projeto Agência Fotec UFRN
Durante a XVII edição da Cientec, com o tema “Inovação para o desenvolvimento sustentável”, de 17 a 21 de outubro, alunos do curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte experimentarão a rotina de uma redação jornalística. É o Projeto Agência Fotec, de Fotojornalismo e Jornalismo Experimental, uma iniciativa do prof. Dr. Itamar Nobre, do Departamento de Comunicação Social, envolvendo 128 alunos e mais quatro professores orientadores.
Os alunos irão fazer a cobertura jornalística, fotojornalística, e telejornalística, do evento, sendo esta última, novidade no projeto. A Agência conta ainda com uma equipe de assessoria de imprensa, uma de vídeo institucional e outra de publicidade. A meta para este ano é superar o número de 183 matérias produzidas em 2010.
Para isso, a Fotec oferece uma estrutura de redação formada por cinco estandes, 14 computadores, 128 alunos de comunicação das três habilitações (Jornalismo, Rádio e TV e Publicidade e Propaganda), oito alunos de Letras – que ajudarão a revisar os textos produzidos – e seis alunos de Escolas Públicas, que irão trabalhar como correspondentes da Agência por meio do pavilhão MARCO (Mostra de Arte, Ciência, Cultura e Conhecimento).

A iniciativa possibilita a prática jornalística de forma experimental, estimulando os alunos de Comunicação Social a desenvolverem várias funções, como: pauteiro, assessor de imprensa, chefe de redação, assistente de redação, repórter de texto e foto, fotodocumentarista, videodocumentarista e publicitário. “A proposta é oferecer um laboratório experimental, de forma orientada, habilitando-os com segurança para assumir com qualidade uma vaga no mercado de trabalho”, explicou o professor Itamar, coordenador do projeto.

Preparação

A fim de colaborar com a melhoria da qualidade do ensino superior e profissional, a Agência Fotec ofereceu oficinas para orientar e direcionar a atuação dos alunos na CIENTEC. Este processo ocorreu duas semanas antes do evento.

Segundo Vanessa Paula Trigueiro, estudante do quinto período de jornalismo e monitora do projeto, as oficinas ministradas tiveram o objetivo de qualificar os estudantes que irão trabalhar no projeto. As oficinas foram: produção de texto jornalístico para a web, linguagem e produção de videonotícia, edição de vídeo, linguagem fotojornalística, pauta, assessoria e de produção de legenda para foto e postagem.

Nelas foram dadas orientações de como estruturar o texto jornalístico para a internet – uma vez que as matérias são feitas para a web, publicadas no site: http://www.fotec.ufrn.br –, como pensar as imagens dentro dos padrões estéticos e técnicos da fotografia, como direcionar a produção da vídeonotícia, como assessorar e organizar a estrutura de uma pauta.

Histórico

O projeto surgiu em 2006 na XII CIENTEC – Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura – intitulado Fotec (Foto – Jornalismo Experimental em Comunicação), na época participaram apenas cinco estudantes de jornalismo, dispondo de apenas um estande e um computador.

A ideia era fazer a cobertura fotográfica do evento, porém, percebendo o potencial do projeto, o professor Itamar deu continuidade e o ampliou, passando a fazer a cobertura jornalística e fotojornalística do evento. A Fotec também possui uma equipe fixa, formada por alunos, sob orientação, para que a produção de notícias aconteça durante todo o ano.

Ele ainda está vinculado a algumas disciplinas do curso de Comunicação, como “Fotojornalismo”,  “Linguagem Jornalística”, “Reportagem Pesquisa e Entrevista” e “Comunicação e Meio Ambiente”, onde as produções dos alunos são publicadas no site.

Para mais informações acesse o site: http://www.fotec.ufrn.br

Etiquetado , ,